Conecte-se conosco

    Dicas e tutoriais

    Meu celular foi roubado: o que fazer?

    Avatar photo

    Publicado

    em

    Imagine a seguinte situação: você está caminhando tranquilamente na rua, distraído com seus pensamentos, quando de repente percebe que seu celular sumiu.

    O coração dispara, a sensação de impotência toma conta e você se dá conta de que seu celular foi roubado.

    Além de perder um aparelho que custou caro, você também fica sem acesso aos seus contatos, fotos, aplicativos e dados pessoais. E ainda corre o risco de ter suas contas invadidas, sua identidade clonada ou seus dados usados para fins criminosos.

    A primeira reação é de frustração e raiva, mas é importante manter a calma e agir rapidamente.

    Neste post, vamos te dar algumas dicas de como agir nesse momento difícil e como se prevenir para evitar maiores transtornos. Confira!

    O que fazer logo após o roubo?

    1- Tente localizar seu celular usando um app nativo

    O primeiro passo é tentar localizar o seu celular usando algum aplicativo de rastreamento, como o Encontre Meu Dispositivo do Google ou o Buscar iPhone da Apple.

    Esses aplicativos permitem que você veja a localização aproximada do seu aparelho em um mapa, bloqueie o acesso ao seu celular, apague os seus dados remotamente e faça o dispositivo tocar ou emitir uma mensagem na tela.

    Para usar esses aplicativos, você precisa ter uma conta Google ou Apple vinculada ao seu celular e ter ativado o recurso de localização nas configurações do aparelho.

    Se você conseguir localizar o seu celular, não tente recuperá-lo por conta própria. Isso pode ser perigoso e colocar a sua vida em risco. O melhor a fazer é entrar em contato com a polícia e informar a localização do aparelho.

    2. Registre um boletim de ocorrência

    Outra medida importante é registrar um boletim de ocorrência (BO) na delegacia mais próxima ou pela internet, no sistema Sinesp Delegacia Virtual – DEVIR.

    O BO é um documento que comprova o roubo do seu celular e pode ser usado para solicitar o bloqueio do aparelho junto à operadora e acionar o seguro (se houver).

    Leve com você todas as informações relevantes sobre o aparelho, como o número de série (IMEI), se você souber, a marca, o modelo e a cor.

    3. Faça contato com sua operadora

    Depois de registrar o BO, você deve entrar em contato com a sua operadora e solicitar o bloqueio do seu chip e do seu aparelho.

    O bloqueio do chip impede que o ladrão use a sua linha telefônica e faça ligações, envie mensagens ou acesse a internet usando os seus créditos ou plano de dados.

    O bloqueio do aparelho impede que o ladrão use qualquer outro chip no seu celular, tornando-o inútil.

    Para isso, você vai precisar informar o número do seu telefone e o IMEI do seu celular.

    Você também pode pedir para a operadora uma portabilidade, para que você possa recuperar o seu número e os seus contatos.

    4. Notifique nas suas redes sociais e serviços online

    Se você utiliza aplicativos de redes sociais em seu celular, como Facebook, Instagram e Twitter, é importante notificar nessas plataformas por meio de algum amigo ou familiar sobre o roubo do seu aparelho.

    Isso pode ajudar a evitar atividades suspeitas e golpes, como o ladrão se passar por você e pedir dinheiro aos seus conhecidos em seu nome.

    5. Proteja suas contas e seus dados

    Por fim, você deve tomar algumas precauções para proteger as suas contas e os seus dados que estavam armazenados no seu celular.

    Uma delas é alterar as senhas dos seus principais serviços online, como e-mail, redes sociais, aplicativos de banco, compras, transporte etc. Assim, você evita que o ladrão acesse as suas informações pessoais, financeiras ou profissionais.

    Como se prevenir para evitar futuros roubos?

    Infelizmente, o roubo de celulares é uma realidade no Brasil e no mundo.

    Para se ter uma ideia, um levantamento feito pelo Jornal da Record revela que um celular é roubado a cada meia hora no trem e metrô de São Paulo.

    Por isso, é importante tomar alguns cuidados para evitar que isso aconteça. Veja algumas dicas:

    • Não ande com o celular na mão ou no bolso de trás da calça;
    • Não use o celular em locais públicos ou com grande movimentação de pessoas;
    • Não deixe o celular à vista em mesas, bancos ou balcões;
    • Não empreste o celular para estranhos ou pessoas suspeitas.

    Gostou do conteúdo? Infelizmente, ninguém está imune ao roubo de celular, mas estar preparado para essa situação pode minimizar os danos e facilitar a recuperação do aparelho.