Conecte-se conosco

    Dicas e tutoriais

    Valores a receber: como consultar e solicitar

    Avatar photo

    Publicado

    em

    Muitas vezes, por diversos motivos, perdemos o controle de dinheiro que nos pertence em bancos, consórcios, corretoras de valores mobiliários, cooperativas de crédito e outras instituições financeiras.

    Felizmente, o Banco Central criou o Sistema de Valores a Receber (SVR), uma plataforma online que permite consultar e solicitar esses valores de forma simples e segura.

    Como Consultar se Você Tem Valores a Receber

    O Sistema de Valores a Receber (SVR) do Banco Central é uma ferramenta muito útil para verificar se você, sua empresa ou uma pessoa falecida têm algum valor a receber. Através desse sistema, é possível inserir seus dados pessoais, como CPF e data de nascimento para pessoas físicas, ou CNPJ e data de abertura para pessoas jurídicas, e realizar a consulta.

    É importante ressaltar que mesmo empresas que já encerraram suas atividades também podem ter valores a receber. Para consultar o CNPJ de uma empresa nessa situação, basta seguir o mesmo procedimento e o sistema realizará a verificação.

    Uma vez que o sistema identificar que há algum valor a ser recebido em seu nome, você terá acesso a uma lista contendo os valores, o motivo do saldo e a instituição financeira responsável pelo pagamento. É muito importante seguir as instruções na tela para concluir o processo de resgate.

    Essa ferramenta do Banco Central é uma forma eficiente de garantir que você não deixe passar despercebido nenhum valor que possa ser seu por direito.

    De onde vem o dinheiro do valores a receber?

    Os valores a serem recebidos podem ter origem em várias fontes, tais como:

    • Contas-correntes ou poupanças encerradas com saldo disponível;
    • Tarifas cobradas indevidamente;
    • Fundos de investimento;
    • Seguros-desemprego;
    • PIS/PASEP;
    • FGTS;
    • Benefícios previdenciários;
    • Restituição de Imposto de Renda;
    • Outros.

    Quem pode consultar o Sistema Valores a Receber

    O SVR está disponível para consulta de valores esquecidos por:

    • Pessoas físicas, utilizando CPF e data de nascimento;
    • Empresários individuais, utilizando CNPJ e abertura da empresa;
    • Empresas, utilizando CNPJ e data de abertura da empresa;
    • Representantes legais de pessoas falecidas, utilizando CPF e data de nascimento do falecido.

    Opções para Solicitar a Devolução do Valor

    Se por acaso o sistema detectar a presença de algum valor a ser reembolsado, o SVR oferece várias opções para solicitar a devolução desse valor. Uma das alternativas mais convenientes é utilizar a chave Pix, um método rápido e seguro de transferência de valores.

    Para solicitar o reembolso, é necessário fornecer seus dados pessoais e escolher a chave Pix desejada. E mesmo que você ainda não possua uma chave Pix cadastrada, não há motivo para preocupação!

    O sistema também permite que você entre em contato diretamente com a instituição financeira responsável pelo seu dinheiro, para combinar a melhor maneira de realizar o reembolso.

    Atenção: Para receber os valores, é necessário possuir uma conta gov.br no nível prata ou ouro.

    Na data mencionada na primeira consulta, acesse novamente o site e faça login usando uma conta do gov.br. Para resgatar o dinheiro, é importante que sua conta esteja no nível ouro ou prata, garantindo assim uma maior segurança durante todo o processo.

    Sendo assim, é essencial verificar seu cadastro com antecedência e evitar deixar para ajustar sua conta somente no dia agendado para o resgate. Dessa maneira, você diminui o risco de perder o pagamento naquela data e ter que esperar por uma nova oportunidade para acessar o valor.

    Além disso, ao verificar seu cadastro com antecedência, você também pode garantir que todas as informações estejam atualizadas e corretas. Isso evitará quaisquer problemas ou atrasos que possam surgir durante o processo de resgate.

    Acesso aos Valores de Pessoas Falecidas

    Além do mais, é importante ressaltar que o Sistema de Verificação de Recebíveis (SVR) oferece a oportunidade de acessar os valores a serem recebidos por indivíduos que já faleceram, desde que você seja um dos seguintes: herdeiro(a), testamentário(a), inventariante ou representante legal.

    Para realizar a consulta, será necessário fornecer o CPF e a data de nascimento da pessoa falecida. Essas informações são essenciais para garantir a veracidade dos dados.

    Cuidados importantes

    Ao lidar com valores a receber, é importante tomar algumas precauções para evitar golpes. Aqui estão algumas medidas que você pode adotar:

    1. Verifique se está utilizando o site oficial do Banco Central do Brasil para consultar e solicitar a devolução dos valores. O endereço correto é https://valoresareceber.bcb.gov.br . Certifique-se de que o site apresenta o símbolo do cadeado ao lado da URL, sinalizando que é seguro. Evite clicar em links suspeitos.
    2. Sempre mantenha suas informações pessoais em segurança e proteja sua privacidade. Nunca compartilhe suas senhas com outras pessoas, mesmo que elas sejam amigos ou familiares. Lembre-se de que o Banco Central nunca solicitará sua senha para tratar de pagamentos a serem recebidos.
    3. Mantenha-se atento aos e-mails, mensagens de texto (SMS), WhatsApp ou Telegram que pareçam suspeitos. É fundamental evitar clicar em links enviados por esses meios, pois eles podem redirecioná-lo para sites falsos ou maliciosos.
    4. É importante lembrar que todos os serviços oferecidos no site oficial são de graça. Não é necessário fazer nenhum tipo de pagamento para ter acesso aos valores a serem recebidos.

    É importante lembrar que golpistas estão sempre buscando novas maneiras de enganar as pessoas e obter informações pessoais ou financeiras. Portanto, fique atento a qualquer mensagem que solicite dados confidenciais ou que pareça muito bom para ser verdade.

    Seguindo essas precauções, você estará mais protegido contra possíveis golpes relacionados a valores a receber.